ASSISTA NOSSO PROGRAMA "REDESCOBRINDO O ELVIS THAT'S THE WAY IT IS" NA TV ELVIS TRIUNFAL - ASSISTA NOSSA COBERTURA DE "BAD NAUHEIM 2018" NA TV ELVIS TRIUNFAL - ELVISTRIUNFAL.COM - 16 ANOS ENALTECENDO ELVIS!

  SOBRE O FÃ CLUBE
 Novidades
 Reuniões do Clube
 Carteira de Membro
 Estatuto do Clube
 Facebook
 Fanzines
 Forum Elvis Triunfal
 Membros do Clube
 TV Elvis Triunfal

 Midia
 Mini Encontros
 Nossas Conquistas
 Promoções para fãs
 Outros Fã Clubes
 Cantinho do Fã
 Parceiros do Triunfal
 Ajude o fã clube
 Fale conosco


  EVENTOS SOBRE ELVIS
 Shows e Eventos
 Cobetura Nacional  

  COVERS DE ELVIS (ETAs)
 Covers do Brasil

  
  SOBRE ELVIS PRESLEY
 Aloha From Hawaii
 Atores e Atrizes
 Artigos sobre Elvis
 Bibliografia
 Bootlegs
 Comeback Special
 Concert Years
 Cronologia
 Discografia
 Discografia FTD
 DVDs
 Entrevistas

 Elvis The Pelvis
 Elvis Week
 Especiais de TV
 Elvis in Concert 77
 Estádios dos Shows
 Ex Namoradas
 Família e Amigos
 Filmografia
 Galeria de Fotos
 Jornais
 Jumpsuits
 Letras das Músicas
 Lisa Marie
 Memorabilia
 Morte de Elvis
 Paradas de Sucesso
 Priscilla Presley
 Revistas
 Sessões de Estúdio
 Singles
 

  UTILIDADES PARA FÃS
 Cifras

 Downloads
 Mapa do Site
 Midis
 Playbacks
 Traduções
 Videos na internet

  MATÉRIAS EM DESTAQUE

 Elvis Exhibition 2015

 Elvis In Concert Brasil
 Elvis Experience Brasil
 Elvis Fest Minas

 SP Elvis Festival 2014

 SP Elvis Festival 2013

 

 


 
 Elvis 100% Portugal
 Elvis Brasil
 Elvis Colombia
 Elvis Directory
 Elvis Eterno

 Elvis FTD
 Elvis in Astrodome
 Elvis Kingdom
 Elvis Number One
 Elvis Memories
 Elvis Presley o Eterno Rei
 Elvis Presley Rei do Rock
 EP Fanelvis
 Fãs de Elvis Presley
 Grazielvis
 Jairo Mello

 Let's Play Elvis
 Lar daMamãe Clory
 Lidianne Mattiello
 Presley's Pride
 Sérgio Queiroz
 Shania Twain FC
 Suspicious Minds FC
 The Elvis Music Project
 Walthinho
 Espaço Comenius
 Anjos para adoção
 Pousada Frida

 

 

 

 

 


 
 
  MARCELO NEVES
  Presidente do Elvis Triunfal
  Web Designer

 
  VIVIAN ONDIR

  Fan Relations Elvis Triunfal

   E-mail (Clique aqui)
  Tel: (11) 95967-6383

 

 

 

 

 

 

 

 

SHOW BENEFICENTE DO ELVIS FOREVER DE SOROCABA DIA 16 DE DEZEMBRO

Elvis Christmas - Panetone Solidário - Apresentação musical com Dalizio Moura e Rock Elvis 69 Band. Pelo quinto ano consecutivo o Elvis Forever Fan Club Sorocaba realiza através do musico Dalizio Moura e banda um show beneficente natalino com a duração de uma hora e meia apresentando os grandes sucessos do Elvis Presley, algumas canções Cristãs e de Natal. A entrada é de um ou mais panetones por pessoa para serem obviamente depois doados para a Pastoral do Menor, CEFAS, Crescimento Limpo (ONG de Itu) e outras entidades ou Instituições dependendo do número de panetones arrecadados.

Entrada: um panetone por pessoa / Domingo dia 16 de dezembro às 17h00 / Local: Parque dos Espanhóis / Rua Dr. Campos Salles s/n – Vila Assis / Sorocaba – S.P. Apoio
Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Sorocaba

 


OS BASTIDORES DE KING CREOLE PARTE 1 - Artigo: Marcelo Neves - Dez/2018
 

Reeditamos nosso programa de 2014 com mais fotos e áudios! Agora você poderá ver em capítulos! Rodolfo Schindler foi até New Orleans gravar esse programa e mostrar como estão os cenários de King Creole! Assista agora a primeira parte! 

 

 

 


FALECIMENTO DE BILLY ANDREWS - Artigo: Marcelo Neves - Dez/2018

Billy Andrews faleceu hoje (13/12/18) aos 47 anos devido complicações decorrentes da diabetes.Billy era um E.T.A ( um artista em tributo a Elvis) e começou sua carreira em São Paulo no ano de 1995. Na capital paulista participou de vários eventos, apresentações em bares, restaurantes, pizzarias entre outros. Se apresentava com uma banda chamada "The Cadillacs". Chegou a lançar um CD com as canções mais populares de Elvis participando de vários programas de TV. Desde dezembro de 2014, Billy estava morando em Belo Horizonte onde realizava shows do projeto "Eternamente Elvis". Nosso site mantém uma página desde 2015 que divulgava o trabalho de Billy. Fica aqui nossos sentimentos a Giselle Azevedo (esposa), todos os familiares e amigos.

 


50 ANOS DO '68 COMEBACK SPECIAL
artigo: Marcelo Neves
 

 

 

Exatamente hoje (3 de dezembro de 2018) completa-se 50 anos da histórica exibição do Especial da NBC. Para relembrar a data segue um vídeo que produzimos há 2 anos sobre o assunto! Se você ainda não viu vale a pena, contamos sua história e curiosidades! Esse vídeo não está no Youtube, somente no vimeo no link abaixo

 


FALECIMENTO DE MICHELE CAREY - Artigo: Marcelo Neves - Agradecimentos a Rodolfo Schindler e Chirleni Soares - Dez/2018
 

 

A atriz Michele Carey que fez o papel de "Bernice" em Live a Little, Love a Little" faleceu no dia 21 de novembro de 2018, ela tinha 75 anos. Sua carreira na TV iniciou na série "The Man from TV em 1964 e seu último trabalho foi no filme de terror "The Stay Awake" (1987). Michele tinha apenas 25 anos quando contracenou com Elvis, "Live a Little, Love a Little" foi o filme mais "psicodélico" da carreira de Elvis. O curioso é que o filme não teve bons resultados nos Estados Unidos o que impediu de ser lançado em vários outros países. Mas um remix da música  "A Little Less Conversation" que está no filme foi re-lançada em 2002 o que levou Elvis ao topo das paradas em vários países! Também é Michele que está ao lado de Elvis quando interpreta "Almost in Love", a única canção de um compositor brasileiro gravada por Elvis. Numa nota na página oficial de Michele Carey no Facebook diz que ela começou a ficar reclusa por volta de 1986, mesmo assim se casou em 1999 mas ficou viúva em 2011. Segundo a nota sua morte foi "inesperada", mas não foi revelada sua causa. Fica aqui nossos sentimentos por mais essa perda...


NEGRA LI PEDE DESCULPAS E A ENTREGA DA MEDALHA A ELVIS - Vídeo: Marcelo Neves - Nov/2018
 

 


ELVIS "NÃO SE APROPRIOU DA MÚSICA NEGRA" ELE A ENALTECEU - Vídeo: Marcelo Neves - Nov/2018
 

 


NEGRA LI SOLTA "NOTA DE ESCLARECIMENTO" APÓS POLÊMICA SOBRE ELVIS - artigo: Marcelo Neves - Nov/2018
 

Um dia depois de participar do Morning Show na Jovem Pan e fazer críticas a Elvis, Negra Li soltou uma "Nota de Esclarecimento" onde disse: "Acho que o mais importante no primeiro momento é perceber quando erramos...". Depois ressaltou o talento de Elvis e que "...abriu caminho para uma profunda mudança..." ( A NOTA ESTÁ NO FINAL DESTE ARTIGO). No contexto geral a nota sugere que estariaarrependida e que havia errado em sua comunicação, porém há um argumento na nota que ao meu ver é contraditório. Em um trecho ela diz: "...quando me referi a ele, quis falar do pensamento da indústria fonográfica". Para explicar o que ela entende como "pensamento da indústria fonográfica" fui buscar a resposta no próprio Instagram da Negra Li onde ela respondeu uma seguidora da seguinte forma:"...Vc entendeu errado. Critiquei a super valorização de um e o menosprezo de outro. O talento dele que é evidente, maravilhoso não foi discutido". Ou seja, se ela ainda sustenta que a Industria fonográfica prejudicou um lado (artistas negros) e favoreceu um por ser branco (Elvis), o raciocínio entra em contradição na parte em que ela diz na Nota: "...ele abriu caminho para uma profunda mudança, deu liberdade para os jovens buscarem suas referências musicais e chegarem até grandes nomes da música negra da época como Chuck Berry, Little Richard (não tem "S" quando está escrito na Nota), Fats Domino, entre outros...". Talvez ela não tenha percebido...mas Elvis era um contratado da RCA VICTOR e NÃO de toda a INDÚSTRIA FONOGRÁFICA. Se ela está afirmando que o sucesso de Elvis acabou gerando público jovem para os artistas negros, LOGO estes NÃO FORAM PREJUDICADOS OU OFUSCADOS!! É justamente o que estamos tentando mostrar, eles foram beneficiados com a popularização do Rock devido o sucesso de Elvis e ganharam mais mercado! Basta acessar o histórico do TOP 100 DA BILLBOARD e ver que Chuck Berry, Little Richard e Fats Domino não deixaram de aparecer no TOP 100 nos anos de maior sucesso de Elvis! Ou seja ninguém foi excluído do mercado da música por causa do sucesso de Elvis. Não quero estender essa polêmica mas o fato dela agora enaltecer o Elvis se deve mais ao fato da enxurrada de críticas que recebeu e não da teoria que levantou.Provavelmente ela não fazia ideia que ainda há uma grande legião de admiradores de Elvis em nosso país. Pra finalizar só queria dizer uma coisa, por mais investimento que se faça num artista, ele só se transformará num mito se este for realmente digno para tal classificação. Elvis está neste seleto grupo e não foi a toa.

 


 


NOSSA RESPOSTA A NEGRA LI (NO MORNING SHOW) SOBRE ELVIS - Artigo: Marcelo Neves - Nov/2018

 

 

Segue aqui também a mensagem que enviamos ontem em resposta ao que foi dito por Negra Li no Morning Show. Isso que dá misturar ideologia política com música, cria-se uma cegueira que impede as pessoas entenderem um fato histórico. Elvis não inventou o Rock, mas foi o maior "garoto propaganda do Rock" em todo o mundo. Ao levar o Rock para o mundo abriu espaço para diversos cantores negros que conseguiram expandir seus mercados, por isso o cantor negro Little Richard disse uma vez: "Eu agradeço a Deus por Elvis Presley. Agradeço a Deus por ter mandado ELVIS para abrir a porta para que eu pudesse atravessar e caminhar pela minha estrada...". Até músicos consagrados como B.B.King disse em uma ocasião: "Elvis"! Ele era único, uma pena que não tenha cantado mais o blues...” . Ou seja numa época em que o racismo era extremamente forte nos Estados Unidos, Elvis mostrou que NÃO TINHA QUALQUER PRECONCEITO em regravar canções de artistas negros que ele ADMIRAVA pois NÃO OLHAVA PARA A COR E SIM PARA A MÚSICA. Elvis viveu em Memphis entre 1948 e 1977 e bebeu muito da cultura musical da cidade, Memphis é o berço do Blues e do Rock and Roll. Se seguirmos essa lógica equivocada apresentada pela Negra Li, um cantor branco não poderá cantar samba ou rap, o que é um absurdo! A música deve ser ENTENDIDA COMO MÚSICA e HUMANOS COMO HUMANOS, qual a dificuldade em entender isso? Todo mundo teve ou terá influência de algum lugar! Fico aqui imaginando se fosse o contrário...se o Elvis nunca tivesse cantado uma canção de um artista negro ou que não tivesse músicos negros em sua banda, com certeza teria uma militância dizendo que seria uma prova do seu "racismo". Elvis tinha um coral de negras chamado "Sweet Inspirations" que o acompanhou de 1969 a 1977. Elvis sempre abriu espaço para as pessoas DEVIDO O TALENTO DELAS e não pela cor, é o que todos deveriam fazer! E pra finalizar, se tudo foi "forjado para Elvis ser o "Rei", por que no início Elvis foi boicotado em várias rádios por fazer um som que radialistas racistas diziam ser um som de "negro"? Elvis foi até censurado no Ed Sullivan ao ser filmado só da cintura pra cima! Elvis quebrou tabus a abriu o mercado para a música jovem e TODOS QUE TINHAM TALENTO se deram bem depois! Fica aqui a minha dica, procure estudar a história da música como ela é, sem a cegueira da ideologia política.
 



PARA NEGRA LI ELVIS "OCUPOU ESPAÇO DOS NEGROS POR SER BRANCO - artigo: Marcelo Neves - Nov/2018

 

 

Há poucos dias soltei um artigo falando que de TEMPOS EM TEMPOS começam os ataques a Elvis. Criticamos o Washington Post e agora temos a Negra Li repetindo o mantra que Elvis se apropriou da "música dos negros" e que as "VOZES FORAM TAPADAS" por causa de Elvis!!! Não vou repetir a mesma reposta que dei ao Washington Post. Esse é mais um exemplo de como uma cegueira ideológica faz com que tentem "reinventar a história". Elvis abriu o mercado para muita gente na década de 50 (para artistas brancos e negros) e hoje é visto por alguns como o "vilão" por ser branco! Já deixamos nossa resposta no vídeo no Youtube, deixe seu DISLIKE lá se você tem conta no Youtube e vamos lá mostrar A FORÇA DE ELVIS NO BRASIL!
 


WASHINGTON POST CRITICOU INDICAÇÃO DE ELVIS – Artigo: Marcelo Neves / Nov 2018
 

 

O crítico de cultura pop Chris Richards do Washington Post disse o seguinte sobre a indicação de Elvis para receber a Medalha Presidencial da Liberdade "Um pequeno aceno aos bons e velhos tempos, quando visionários negros podiam inventar rock and roll, mas apenas um homem branco poderia se tornar o rei". Depois em seu artigo ressaltou a canção "Fight to Power" do grupo Public Enemy em que dizia “Elvis era um herói para a maioria, mas ele nunca quis dizer nada para mim.” Essa canção de 1989 ainda dizia o seguinte: "...da direita, racista, que otário ele era, simples e puro, fodam-se ele e John Wayne". É exatamente isso que Elvis ainda enfrenta na grande mídia americana. O Washington Post foi fundado em 1877, portanto é um jornal de relevância nos Estados Unidos. A ideia patética que Elvis teria roubado a "música dos negros" e que foi um ídolo "fabricado" para se tornar "Rei" é absurda e não faltam argumentos para refutar isso. Pior é ainda acusarem de "racismo" o simples fato de Elvis ter sido indicado a essa medalha! Elvis viveu em Memphis entre 1948 e 1977 e bebeu muito da cultura musical da cidade, Memphis é o berço do Blues e do Rock and Roll. Ele admirava todo tipo de artista ou música independente da cor de seus músicos ou intérpretes. Numa época em que o racismo era absurdo nos Estados Unidos, Elvis não tinha qualquer preconceito de interpretar canções de artistas negros. Elvis NUNCA exigiu ser chamado de "Rei do Rock" e até não gostava de ser chamado de Rei devido sua religiosidade. Ao explodir nas paradas de sucesso do mundo inteiro, Elvis expandiu o Rock and Roll e abriu as portas para muitos artistas, incluindo artistas negros. Little Richard disse uma vez: "Eu agradeço a Deus por Elvis Presley. Agradeço a Deus por ter mandado ELVIS para abrir a porta para que eu pudesse atravessar e caminhar pela minha estrada...". Até músicos consagrados como B.B.King disse em uma ocasião: "Elvis"! Ele era único, uma pena que não tenha cantado mais o blues...” . Ao contrário do que diz a letra de "Fight to Power", Elvis não era nada racista, mantinha em sua banda um grupo vocal chamado Sweet Inspirations (somente com cantoras negras). Há muitas décadas tentaram atribuir uma frase racista a ele, mas nunca provaram sua veracidade pois não há testemunhas ou qualquer registro! Fico aqui imaginando se fosse o contrário! imagine se Elvis nunca tivesse interpretado uma canção de um artista negro ou que nunca tivesse trabalhado com músicos negros em sua banda! Com certeza haveria muito crítico dizendo que seria uma prova do racismo de Elvis!! É uma discussão patética! A música deveria ser entendida como música e os humanos como humanos! Não é difícil encontrar artigos pela internet de revistas, jornais ou portais de música que sustentam as teorias que Elvis roubou a "musica dos negros" ou que não é o "verdadeiro Rei do Rock"! A matéria do Washington Post tenta novamente sedimentar essas teorias, por outro lado estou vendo que outros setores da mídia estão discordando do que foi dito! Talvez esteja ai o motivo da demora em conceder essa Medalha da Liberdade a Elvis. Ainda existe muita mentira sobre Elvis que precisa ser derrubada, até mesmo dentro dos Estados Unidos! Por enquanto a única arma que temos são as palavras e o apoio dos fãs, estes sim, incansáveis na defesa de Elvis!


A AUSÊNCIA E O SILÊNCIO DA FAMÍLIA PRESLEY SOBRE A ENTREGA DA MEDALHA DA LIBERDADE – Artigo: Marcelo Neves / Nov 2018

 

Estava aguardando o artigo de Graceland na qual abordaria o recebimento da Medalha Presidencial da Liberdade. A principio achava que a escolha de Jack Soden para receber a medalha em nome de Elvis se devia meramente a uma hierarquia da empresa EPE. Como todos sabem hoje a Authentic Brands Group detêm 85% dos direitos envolvendo o nome Elvis e 15% são de Lisa Marie. Mas segundo o artigo de Graceland, Jack Soden foi representando a família de Elvis, os amigos de Elvis e todos os fãs ao redor do mundo. O recebimento da medalha ocorreu no dia 16 de novembro de 2018. Também fiquei aguardando algum pronunciamento de Priscilla Presley no Facebook e até hoje dia 19/11 nada foi dito, assim como Lisa Marie nada comentou no Facebook. Priscilla no dia da Cerimônia da Medalha Presidencial estava em Hollywood para apoiar Michael Buble na Cerimônia da Calçada da Fama. Michael Buble nos últimos tempos vive um drama pessoal que é o tratamento de seu filho Noah diagnosticado com câncer. Estar ao lado do amigo Michael Buble neste momento tem o seu caráter humanitário, mas a ausência de Priscilla e o silêncio feito até agora sugere o seguinte quadro: A entrega da Medalha Presidencial da Liberdade foi relegada a segundo plano. Ao longo dos anos sabe-se que Lisa Marie nunca gostou de estar envolvida em questões políticas. Também não sei se Priscilla Presley tem algo contra a política de Donald Trump, portanto só irei me ater aos fatos. Vale lembrar que essa é uma opinião particular minha, sinta-se a vontade para discordar. Penso o seguinte: Uma condecoração desse porte iria ter repercussão em todo o universo “Elvis” ao redor do mundo. O fato acabou gerando muitas críticas pela ausência da família. Se a família Presley tomou uma “atitude política” ao enviar Jack Soden pra representá-la, acho que erraram “politicamente”. Tal atitude não agradou grande parcela dos fãs ao redor do mundo e deixa uma incoerência no ar. No site de Graceland, diz que estão “orgulhosos” com a premiação e que estão ansiosos para em breve expor a medalha em Graceland, para que todos os fãs possam contemplar. Esse “orgulho” e “ansiedade” não se viu até hoje (dia 19/11) pela família Presley e isso não é achismo, é fato. Uma coisa é você não tolerar certos políticos (se esse for o caso), outra coisa é relegar essa condecoração em segundo plano, esse a meu ver foi um grande erro. Pode ser que mediante as críticas nos próximos dias, alguém venha a se pronunciar, mas é tarde. Mesmo que se houvesse alguma divergência política da família Presley com Donald Trump, o fato de irem não indicaria um “apoio” a Donald Trump, mas um apoio ao homenageado “Elvis”, a condecoração é um ato institucional. A condecoração não acontecerá outras vezes com outros presidentes, a de Elvis foi em 16 de novembro de 2018 e acabou. Se a ausência e o silêncio foi “político” faltou perceber que existe o momento certo para expor suas posições políticas, acho que não era o momento. Agora, se mandaram Jack Soden, pois não viram mesmo importância pela medalha, só tenho a lamentar mais uma vez. Pouco importa se fosse Donald Trump, Obama, Clinton, é o cargo mais importante dos Estados Unidos dando a mais alta condecoração a um civil, nesse caso: ELVIS PRESLEY. Nada tenho contra Priscilla Presley, aliás, acho que contribuiu muito com a abertura de Graceland e com muitos projetos de sucesso que implementou ao longo das décadas. Em diversas vezes saímos em defesa de Priscilla e Lisa quando foram atacadas injustamente! Mas não me impede de registrar aquilo que considero um erro. A “ansiedade” e “orgulho” descritos no site oficial de Graceland não se refletiram na família Presley, infelizmente esse discurso não colou pra mim e pra muita gente.


ELVIS RECEBE A MEDALHA PRESIDENCIAL DA LIBERDADE - artigo: Marcelo Neves (agradecimentos a Chirleni Soares e Rodolfo Schindler) Nov 2018
 


 

Hoje 16 de novembro de 2018 Elvis Presley recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade, uma das maiores honrarias que um cidadão americano pode receber. Essa condecoração foi criada em 1963 para aqueles que fizeram uma contribuição especial meritória à segurança ou interesses nacionais dos Estados Unidos, paz mundial, cultural ou outras importantes iniciativas públicas e privadas. Ao longo das décadas cerca de 40 artistas da música já haviam recebido tal condecoração, entre eles estão: Frank Sinatra, Barbra Streisand, Bob Dylan, B.B. King, James Taylor, Aretha Franklin e Stevie Wonder. Com todo o respeito aos 40 artistas que contemplam esta lista, mas é incrível que somente agora Elvis tenha recebido essa merecida condecoração visto o tamanho impacto cultural que Elvis gerou nos Estados Unidos e no mundo! Independente de muitas pessoas simpatizarem ou não com Donald Trump, a importância da medalha é inegável e o fato merece mesmo ser destacado. O que percebi na cerimônia (sem qualquer proselitismo político) foi que Elvis teve uma atenção maior por parte da Casa Branca. Donald Trump demonstrou muito respeito e orgulho ao falar de Elvis, até mesmo um trecho de “How Great Thou Art” ecoou na cerimônia! Como apenas um trecho da música foi apresentada, Trump até comentou que gostaria de ter escutado inteira. Em seu discurso, Trump fez uma pequena cronologia na vida de Elvis, suas gravações de maior sucesso, sua passagem no exército, suas indicações ao Grammy e as 3 vezes que venceu, suas participações na TV como Aloha From Hawaii e seus shows em Las Vegas. Em minha opinião Elvis foi o maior símbolo de LIBERDADE dos jovens nos anos 50. O seu jeito de cantar e dançar abriu a mente criativa de milhões jovens e contribuiu para o surgimento de futuros ídolos. Elvis mostrou ao mundo que o Rock não era somente um estilo musical, mas uma nova forma de se posicionar perante o mundo. A revolução iniciada por Elvis ainda é vista nos diversos estilos musicais atuais! O representante para receber a medalha em nome de Elvis foi Jack Soden (CEO da Elvis Presley Enterprises). Jack está envolvido na EPE desde quando Graceland foi aberta ao público em 1982. Não farei julgamentos se Jack Soden foi a pessoa correta pra receber a medalha em nome de Elvis, a única certeza que tenho é que o homenageado Elvis merecia e muito!
 


  ASSISTA NOSSA PARTICIPAÇÃO NO HISTORY CHANNEL

Artigo: Marcelo Neves - Nov/2018 - Fonte: Rodrigo Lopes

 

 

OBS: Matéria gravada em 2015 e lançada em 2018. Graças ao nosso amigo Rodrigo Lopes, nos enviou o programa do History Channel que participamos. O programa conta também com a participação de dois colecionadores, um de Michael jackson e outro de Madonna. Visitem o canal de Rodrigo Lopes e inscreva-se CLIQUE AQUI 

 


ELVIS RECEBERÁ MEDALHA PRESIDENCIAL DA CASA BRANCA

Artigo: Marcelo Neves - Nov/2018 - Fontes: Casa Branca / Rodolfo Schindler

 

 

O Presidente Donald Trump vai conceder uma Medalha Presidencial da Liberdade a Elvis Presley no dia 16 de novembro de 2018. A noticia foi divulgada pela própria Casa Branca. Ao todo serão sete pessoas que receberão essa medalha. Segundo o Gabinete do Secretário de Imprensa "Essa honraria civil pode ser concedida pelo Presidente a indivíduos que fizeram contribuições especialmente meritórias para a segurança ou interesses nacionais dos Estados Unidos, para a paz mundial, ou para empreendimentos culturais ou outros empreendimentos públicos ou privados significativos ”. A Casa Branca disse as seguintes palavras sobre Elvis que o torna merecedor dessa honraria:
 
“Elvis Presley definiu a cultura americana para bilhões de fãs adoradores em todo o mundo. Elvis fundiu o gospel, country, e rhythm and blues para criar um som próprio, vendendo mais de um bilhão de registros . Elvis também serviu quase 2 anos no Exército dos Estados Unidos, aceitando humildemente o chamado para servir apesar de sua fama. Mais tarde, ele estrelou em 31 filmes, atraiu audiências recordes para seus shows, fez subir a audiência da televisão e ganhou 14 indicações ao prêmio Grammy. Ele finalmente ganhou 3 prêmios Grammy por sua música gospel. Elvis Presley continua sendo um ícone americano duradouro quatro décadas após sua morte. ”
 


ASSISTA A REPRISE DE NOSSA PARTICIPAÇÃO NO HISTORY CHANNEL NO DIA 10 DE NOVEMBRO ÀS 18H - Artigo: Marcelo Neves - Nov/2018

 

 


ASSISTA NOSSO PROGRAMA "REDESCOBRINDO O ELVIS THAT'S THE WAY IT IS" EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE - Artigo: Marcelo Neves - Nov/2018

 

 

 

Neste programa conversamos com Rodolfo Schindler sobre as curiosidades envolvendo o filme "Elvis That's The Way It Is" de 1970. Você vai conhecer itens raros daquela época e conhecer nossas opiniões sobre as versões do documentário! Este vídeo é dedicado a todos os fãs que descobriram "Elvis" por meio desta fantástica produção da MGM!


ELVIS SUBIU PARA 2º. NO RANKING DA FORBES
Artigo: Marcelo Neves - Fontes: Forbes / Cássio Ribeiro

 

Depois de dois anos Elvis voltou ao segundo posto no Ranking da Forbes (Categoria: Celebridades já falecidas que mais lucram). Em 2016 o lucro foi de 27 milhões, em 2017 subiu para 35 milhões e agora o valor alcançado foi de 40 milhões de dólares. Apesar de ainda estar longe dos 55 milhões alcançados em 2015, mostra que os negócios em torno de Elvis estão evoluindo novamente. Michael Jackson continua em primeiro lugar desde o seu falecimento em 2009. Este ano Michael atingiu 287 milhões devido a uma venda de uma participação societária que tinha na gravadora EMI, agora comprada pela Sony. Veja abaixo os 10 primeiros segundo a Forbes:

 

 

1º - Michael Jackson – US$ 400 milhões
Músico, morto em 2009, aos 50 anos. Direitos de músicas e U$ 287 milhões adquiridos pela venda de uma participação societária que tinha na gravadora EMI, comprada pela Sony.

2º – Elvis Presley – US$ 40 milhões
Músico, morto em 1977, aos 42 anos. Direitos de músicas e produtos relacionados à sua residência, Graceland.

3º – Arnold Palmer – US$ 35 milhões
Golfista, morto em 2016. Venda de bebidas.

4º – Charles Schulz – US$ 34 milhões
Cartunista, morto em 2000, aos 77 anos. Parte do valor recebido pela venda dos direitos dos quadrinhos do cão Snoopy, do qual foi criador, pela Iconix ao grupo DHX Media.

5º – Bob Marley – US$ 23 milhões
Morto em 1981, aos 36 anos. Venda de produtos ligados à sua imagem, desde fone de ouvidos até cigarros e produtos relacionados a maconha.

6º – Dr. Seuss – US$ 16 milhões
Escritor, morto em 1991, aos 87 anos. Venda de livros.

7º – Hugh Hefner – U$ 15 milhões
Criador da ‘Playboy’, morto em 2017 aos 91 anos. Venda de parte de sua sociedade.

8º – Marilyn Monroe – US$ 14 milhões
Atriz, morta em 1962 aos 36 anos. Venda de produtos licenciados.

9º – Prince – U$ 13 milhões
Músico, morto em 2016 aos 57 anos. Direitos de músicas.

10º – John Lennon – U$ 12 milhões
Músico, morto em 1980 aos 40 anos. Direitos de músicas.

 


BOX DO '68 COMEBACK SPECIAL SERÁ LANÇADO EM 30 DE NOVEMBRO
Artigo: Marcelo Neves - Fontes: Graceland / Rodolfo Schindler

 

Graceland anunciou que no dia 30 de novembro de 2018 será lançada uma caixa de luxo chamada '68 Comeback Special 50th Anniversary Edition. A caixa contemplará 5 CDs, 2 Blu-Ray e um livro com 80 páginas. Segundo Graceland serão 7.5 horas de footage que incluem as 4 apresentações que serviram para montar o Especial de 68! Com certeza será a versão definitiva já que estamos falando em alta definição de imagem!  Obviamente os fãs de carteirinha já conhecem bem o Especial de 68, mas foi muito gratificante ver tantos relançamentos ocorridos em 2018, fora contar a  exibição em vários cinemas ao redor do mundo! Por enquanto fiquem com a belíssima capa de '68 Comeback Special 50th Anniversary Edition!

 

 

 


ELVIS TRIUNFAL NO HISTORY CHANNEL
Artigo: Marcelo Neves - Fonte: History Channel

 

O Canal History Channel exibiu em outubro mais um capítulo da série "Colecionadores" e que contou com nossa participação. Eu (marcelo Neves) e Rodolfo Schindler do Canal TV Elvis Triunfal mostramos alguns objetos de nossas coleções. A matéria na realidade foi gravada em 2015 e nem eu e o Rodolfo acreditávamos que seria exibido. Neste mesmo episódio fãs de Madonna e Michael Jackson também exibiram seus itens. Quero aqui agradecer a Cubo Filmes e ao History Channel pela maneira respeitosa que nos tratou no programa. O único equivoco foi que escreveram o meu nome errado na legenda, mas não comprometeu o conteúdo.

 

 


MORRE CELESTE YARNALL AOS 74 ANOS DE IDADE
Artigo: Marcelo Neves - Fonte: Rodolfo Schindler - Chirleni Soares

 

Faleceu no dia 7 de outubro de 2018 a atriz Celeste Yarnall que contracenou com Elvis no filme "Live a Little, Love a Little" (Viva um pouquinho, Ame um pouquinho) de 1968. Ela é também muito conhecida entre os fãs da ficção científica  devido sua participação em Jornada nas Estrelas na década de 60. Em 2016 ela foi uma das atrações da Elvis Week e foi uma ótima oportunidade de conhecer detalhes das gravações de "Live a Little, Love a Little". Celeste continua atuante mas infelizmente um câncer no ovário tirou sua vida aos 74 anos de idade.

 

 


 

ASSISTA "BAD NAUHEIM 2018 - 17th EUROPEAN ELVIS FESTIVAL"
Artigo: Marcelo Neves

 


CAMPANHA EM BAD NAUHEIM PARA ESTÁTUA DE ELVIS - artigo: Marcelo Neves - Outubro de 2018

A cidade de Bad Nauheim, assim como o fã clube alemão EPG estão focados em arrecadar 20.000 euros para a elaboração de uma estátua em tamanho real numa das pontes onde Elvis foi fotografado. Bad Nauheim realizou em agosto seu 17º. EUROPEAN ELVIS FESTIVAL e este foi um dos assuntos recorrentes entre os fãs. Este assunto e outros de Bad Nauheim estão presentes no programa 73 da TV Elvis Triunfal, saiba mais clicando aqui

 

 


COBERTURA COMPLETA DO 21º. ENCONTRO DO ELVIS TRIUNFAL
Artigo: Marcelo Neves / Setembro de 2018


Clique no banner abaixo ou aqui para ler a cobertura completa do nosso 21º. Encontro do Elvis Triunfal no Lar da Mamãe Clory.

 

 



ELVIS 41 ANOS DEPOIS...

(artigo: Marcelo Neves)

 



O dia 16 de agosto de 2018 definitivamente entrará para a história de Elvis e do Rock! Em 1968 muitos acreditavam que Elvis não tinha mais aquela magia de surpreender o mundo! E como pura magia deixou milhões de telespectadores perplexos com tamanho vigor e carisma, era ELVIS PRESLEY em estado bruto! Elvis mostrou o que sabia de melhor e apontou novos rumos em sua carreira! Ao finalizar o Especial da NBC interpretou a irretocável "IF I CAN DREAM" (Se eu puder sonhar)! De forma corajosa Elvis se perguntava, por que não sonhar com um mundo melhor! Cinco décadas depois, Elvis volta aos cinemas justamente com aquele Especial de TV, talvez nem ele iria imaginar que o Especial de 68 se transformaria num outro tipo de "retorno"! Assim como Elvis foi ousado em 1968, está sendo ousado em 2018! Somente um astro de sua magnitude consegue colocar em circuito mundial um Especial produzido há 50 anos! Elvis ficou extremamente tenso ao se ver na TV naquele 3 de dezembro de 1968! Agora, 50 anos depois seremos nós que estaremos tensos numa poltrona de cinema, torcendo, vibrando e principalmente...sonhando! Sim Elvis, você "clamou" em  "If I Can Dream" para que seu sonho se tornasse realidade! Como queria que estivesse aqui para ver que milhões ainda sonham o mesmo sonho, graças a você!

 


 

AGRADECIMENTO DO ELVIS TRIUNFAL A CLAU MOURA - artigo: Marcelo Neves

Queremos agradecer nossa amiga Clau Moura que hoje fez uma doação que vai ajudar muito o Lar da Mamãe Clory em vários aspectos! Doou inúmeros itens de Elvis para o sorteio na próxima Reunião dia 25 de agosto e diversas sacolas com roupas e calçados para o Lar da Mamãe Clory. Todo o valor arrecado no sorteio também será doado a essa instituição! Em nome do Fã Clube Elvis Triunfal queremos te agradecer pelo gesto. Além dessa gigante doação há diversos amigos nos enviando doações que iremos agradecer um a um na cobertura do evento!
ir das 18h30

 


CLIPE OFICIAL DE "WHERE NO ONE STANDS ALONE"
Artigo: Marcelo Neves - Fonte: Elvis Presley Vevo -
agosto de 2018

No dia 8 de agosto foi publicado no Youtube o vídeo oficial de "Where no one Stands Alone". O clipe é um dueto de Elvis e Lisa Marie Presley e inclui imagens caseiras da família Presley. A canção faz parte do álbum de mesmo nome que está sendo lançado este mês nos Estados Unidos!
 

 

 

 


 

 


RICKY COLAVITTO LANÇA "HISTÓRIAS DO REI" NO YOUTUBE - artigo: Marcelo Neves - agosto de 2018

Meu amigo Ricky Colavitto acaba de lançar mais um vídeo sobre Elvis, é o primeiro da série "HISTÓRIAS DO REI" no Youtube. Este primeiro vídeo contou com a assessoria do nosso também amigo Rodolfo Schindler! Não deixe de ver e de inscrever-se no canal do Ricky!

 

 

  


DIOGO LIGHT FICA EM SEGUNDO LUGAR NO UETAC DE 2018 - artigo: Marcelo Neves - agosto de 2018

O brasileiro Diogo Light por pouco não venceu o UETAC (Ultimate Elvis Tribute Artist Contest), que é o maior Festival de tributos a Elvis no mundo. Mesmo assim o segundo lugar o coloca novamente entre os 5 principais tributos do mundo! Foi a melhor posição de um brasileiro em todos os anos do Festival até o momento. O vencedor desta edição foi Ben Thompson, em terceiro ficou Cote Deonath, Nick Perkins e Al Joslin formaram o top 5.Fica aqui nossos parabéns ao Diogo por mais essa conquista!

 

 


CLIQUE


MINHA ENTREVISTA PARA O CANAL DE JOSÉ A. FERNANDES

artigo: Marcelo Neves - fonte: Site: Identidade 85
 

 


Curiosamente apesar de entrevistar dezenas de fãs, raramente dou entrevistas falando sobre minha vida. Meu amigo de longa data José Fernandes gravou essa entrevista em minha casa e que adorei! Quem deseja saber um pouco sobre a história do Elvis Triunfal recomendo ver este vídeo. Quero aqui agradecer o empenho do José que veio de Santa Catarina para realizar este vídeo!!! 


 

Poliana Cunha (Diretora do Clube Elvis MG) foi até a Argentina entrevistar Carlos Ares e assistir o espetáculo "Elvis Live in Concert". Gentilmente está compartilhando com o Elvis Triunfal esta entrevista. Carlos Ares viu Elvis 4 vezes e mantém uma loja que é referência em toda a América Latina.  CLIQUE AQUI para ler
 


 

FILME "THE KING" GERA MAIS OPINIÕES NEGATIVAS SOBRE ELVIS NA MÍDIA BRASILEIRA - Artigo: Marcelo Neves - Julho de 2018

Antes mesmo de ser lançado no Brasil (se é que será lançado) o filme "The King" gera mais notícias negativas sobre Elvis no Brasil. Independente do conteúdo do documentário "The King" o que se viu até agora foram jornalistas brasileiros embarcando na ideia do filme! Primeiramente vimos o Manhattan Connecton da Globo News dizer que Elvis vivia uma "decadência absurda" no final de carreira, que "não era exemplo de sucesso pra ninguém" e que Elvis fazia "palhaçadas em Vegas!" Agora o grupo Folha também embarcou nas teorias do filme. Em alguns momentos repetiu a sinopse do filme, mas em alguns momentos complementou com as opiniões da jornalista Danielle Brant. Para a jornalista Elvis teve um "vexame" no final de carreira e concorda com a teoria de que Elvis teria se "apropriado" da música dos negros! Para ela Elvis era o "rosto branco que a indústria fonográfica queria para lucrar com a música negra"! Também citou que o filme passa a entender que Elvis virou uma figura "ultrapassada" e que assim como os EUA, Elvis estava "Morto". Ao tratar Elvis como um ser totalmente manipulado e que foi usado como arma pelos Estados unidos, tentam minimizar sua importância! Ainda não vimos o documentário "The King" mas independente disso, o feedback dos jornalistas já são um estrago para a imagem de Elvis! Obviamente nós fãs conhecemos o outro lado da história, sabemos o quanto estes jornalistas estão mergulhados numa ignorância musical gigantesca! Elvis bebeu de diversas influências, o Blues, o Gospel, o Country, etc... Ele amava sim o que muitos artistas negros produziam, e ao cantar estas canções colocou o seu estilo também. Enquanto muitos americanos brancos rejeitavam a música dos negros, Elvis a enalteceu e agora é condenado por isso? Vários artistas negros disseram em vários documentários a importância de Elvis naquele momento, entre eles o grande BB King! Tanto o artigo da Folha e da reportagem do Manhattan Connection sobre esse filme, criam a imagem de um Elvis "fracassado", "decadente" e "ultrapassado". O que vai pensar um jovem que mal tem contato com o legado de Elvis ao ler esse artigo da Folha ou ver o programa da Globo News? É impossível não fazer um paralelo à música que faz sucesso hoje e que é enaltecida por grande parte dessa mídia que agora esnoba Elvis Presley! É mais um exemplo do "abismo cultural" que vivemos, tanto por parte de quem faz "música" ou de quem a "analisa"! Para ler o artigo da folha segue o link: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2018/07/documentario-busca-na-vida-de-elvis-presley-razoes-da-decadencia-dos-eua.shtml

 


 

STEVE BINDER LANÇARÁ NOVO LIVRO SOBRE O ESPECIAL DE 68 - artigo: Marcelo Neves - Fonte: Elvis Infonet - julho/2018

O lendário diretor do '68 Comeback Special, Steve Binder estará lançando um novo livro sobre o Especial de 68. Este livro vai contar os bastidores de um verdadeiro divisor de águas na carreira de Elvis. Terá 279 páginas com várias entrevistas e material raro, jamais visto também! Haverá um lançamento durante a Elvis Week 2018. Vindo do Steve Binder só se espera um livro indispensável para fãs!
 

 


REVIEW "ELVIS PRESLEY THE SEARCHER"

artigo: Marcelo Neves (julho/2018) - agradecimento a: Paulo Bonfim (Elvis Uai)

 

 

Graças ao meu amigo  Paulo Bonfim (Fã Clube Elvis Uai de Minas Gerais) tive acesso ao documentário "Elvis Presley The Searcher" exibido pela HBO em abril de 2018. Gostaria aqui deixar minha análise sobre esse documentário que teve como produtores executivos: Priscilla Presley; Jerry Schilling, Glen Zipper, Andrew Solt, Alan Gasmer e Jamie Salter. O filme também contou com os produtores Jon Landau e Kary Antholis, sendo dirigido e produzido por Thom Zimny. Os mais atentos irão se lembrar que Andrew Solt foi um dos diretores de "This is Elvis" de 1981, outro grande documentário sobre Elvis lançado pela MGM. O que difere "The Searcher" de "This is Elvis" é a profundidade em que os temas são abordados. "This is Elvis" era recheado de diversos clipes enquanto sua história era narrada, já em "The Searcher" a informação está em primeiro lugar do que simplesmente a exibição de clipes musicais. Já por essa diferença podemos levantar algumas análises em se tratando do público "alvo". "The Searcher" vai de encontro para quem deseja realmente se aprofundar sobre aquele período de ouro em que Elvis estava entre nós. Vai agradar aquele fã que deseja ver imagens raras com depoimentos de pessoas que conviveram com Elvis ou de artistas relevantes no cenário musical. Para o grande público em geral, fica a dúvida se "The Searcher" irá ser eficaz, visto que não há tantos "clipes musicais" sobre Elvis. Porém na minha análise apesar dos pontos positivos, "The Searcher" apresenta também "lacunas".  A maneira minuciosa de como se apresenta a importância de Elvis nos anos 50 é excelente, acredito que foi o melhor filme a deixar isso claro sem qualquer tipo de ufanismo. Aquela ideia superficial de que Elvis teria "roubado a música dos negros" cai por água abaixo neste documentário. Elvis enalteceu os cantores negros e seus compositores. Elvis valorizou estes artistas numa época em que o racismo era absurdo nos Estados Unidos. Elvis não simplesmente regravou músicas de artistas negros, mas deu uma nova roupagem colocando o seu estilo! Elvis popularizou o estilo no mundo inteiro o que acabou ajudando grande parte destes artistas também. Elvis como qualquer artista teve suas influências, assim como essas "influências" também tiveram as suas. Como Elvis acabou tomando uma dimensão jamais vista naquela época, muitos comentários maldosos foram gerados a sua pessoa. Há vários comentários durante o documentário, os que mais me chamaram a atenção foram os de Ernst Jorsensen (especialista responsável pelos lançamentos da FTD e dos lançamentos oficiais de Elvis); do cantor Bruce Springsteen que demonstra uma visão realmente profunda da música de Elvis e de Steve Binder que foi Diretor do Especial de 68. The Searcher trás vários áudios que o próprio Elvis concedeu em suas raríssimas entrevistas e de seu empresário Coronel Parker. A quantidade de fotos e imagens raras é realmente de encher os olhos, o que torna o documentário muito rico para fãs exigentes! As montagens para retratar momentos da carreira e da vida pessoal são realmente belas, chegam a emocionar! Em vários momentos "The Searcher" coloca temas que são realmente um quebra-cabeça!  Ao mesmo tempo que mostra um "Elvis" inovador e genial nos anos 50, mostra um "Elvis" muito inseguro após seu retorno do exército! Os dois exemplos dessa insegurança são evidenciados no conflito entre Elvis e o Coronel, um conflito que Elvis nunca conseguiu se desvencilhar  e o momento em que tenta desistir do Especial da NBC! É realmente inacreditável ver um artista da grandeza de Elvis não acreditar em seu potencial, mas isso realmente aconteceu em 1968 ao evidenciar seu medo a Steve Binder!  Porém o documentário reforça mais momentos de insegurança do que momentos em que Elvis se mostrou bem corajoso em sua carreira! Tal insistência pode dar a impressão que Elvis era um artista inseguro e manipulado o tempo todo, o que não é verdade. Um fato curioso é que mostra que Elvis sempre acreditou que em algum momento iria excursionar pelo mundo, mas sempre acabava sendo driblado pelo Coronel. Para conter essa ansiedade de Elvis, o Coronel "inventou" o projeto "Aloha From Hawaii", assim Elvis faria um show para o mundo todo, sem precisar sair dos Estados Unidos.   A segunda parte de "The Searcher" mostra Elvis até 1976, mostra imagens raras dele cantando "Burning Love" e "An American Trilogy" que são de tirar o fôlego de qualquer fã! Mas na minha opinião é nesta segunda parte que estão algumas "lacunas" que não deixam "The Searcher" fechar com "chave de ouro". Quando escutamos falar na palavra "Documentário", esperamos que seja uma produção que procura explorar fatos e dados que explicam uma realidade. Se excluirmos parte dessa "realidade" então queremos que as pessoas enxerguem uma versão dessa "realidade". O que predominou em "The Searcher" foi a visão que a "EPE" tem de Elvis. O documentário coloca como pano de fundo o "Especial de 68" sendo constantemente reverenciado. Obviamente este Especial de 68 é magnífico e foi sem dúvida um divisor de águas na carreira de Elvis. O "Aloha" foi mostrado também com sua devida importância e até o programa "Welcome Home Elvis" de Frank Sinatra ganhou seu destaque. Mas novamente quando se esbarra no tema "Elvis in Concert da CBS´", o tema é completamente ignorado, nenhuma palavra foi dita! "The Searcher" acaba dizendo que após sua última Tour, Elvis faleceu em Graceland no dia 16 de agosto de 1977. Como todos sabem a "EPE" ignora este Especial de 77 e isso se repetiu em "The Searcher". Sabemos que Elvis ainda mantinha contato com Priscilla até 1977, mas na minha opinião as duas pessoas que tinham mais a falar sobre esse período final da vida de Elvis, seriam Linda Thompson e Ginger Alden.   Linda viveu com Elvis entre 1972 a 1976 e Ginger entre 1976 e 1977. Digo isso não pela questão de "defender" uma ou outra, mas como se trata de um "Documentário" os fatos e os dados deveriam nortear a busca mais próxima da realidade! Tanto Linda como Ginger simplesmente "não existem" neste documentário.  O final de "The Searcher" traz a imagem de um Elvis depressivo, solitário e Tom Petty se arrisca ao dizer que Elvis deve ter se sentido "...superado e desistiu"! Pra finalizar surge Elvis interpretando "If I Can Dream" do Especial de 68! Após o final da canção se constrói um clima sombrio com a imagem de Elvis numa sala vazia!  Os portões de Graceland são fechados e se encerra o documentário! "The Searcher" mostra um "Elvis pesquisador" que busca "respostas", "caminhos", só faltou algo na minha opinião para fazer justiça a todo esforço feito por Elvis, mostrar os resultados que sua "busca" gerou 40 anos depois de sua morte! Acho que seria mais justo do que deixar a imagem de alguém que parece estar preso no passado, numa sala vazia...numa TV antiga! Apesar de algumas lacunas e de muitos "achismos" de alguns entrevistados, é um documentário muito bom! Apresenta com profundidade a busca de Elvis por "respostas"! Mas deixa no ar que: Quanto mais respostas queremos sobre a vida de Elvis, mais dúvidas parecem surgir!  


NOVO FTD: ELVIS: THE VIVA LAS VEGAS SESSIONS

artigo: Marcelo Neves (julho/2018) - Fonte: Eduardo Grosso

 

 

 

O selo FTD (Follow That Dream) estará lançando em julho de 2018 o CD triplo "Elvis - The Viva Las Vegas Sessions". Essa não é a primeira vez que o selo lança um álbum dedicado a trilha sonora do filme, mas sem dúvida é o lançamento mais completo visto até hoje! Os 3 cds estarão alojados numa embalagem de luxo contendo um livreto de 28 páginas. Porém o selo já avisa que se trata de uma edição limitada. Os títulos da coleção FTD estão a venda no site oficial de Graceland no seguinte endereço: https://store.graceland.com/collections/follow-that-dream-series

 

DISCO 1: SOUNDTRACK 1. Viva Las Vegas 2:27 2. Yellow Rose Of Texas/ The Eyes Of Texas 2:57 3. The Lady Loves Me 3:46 4. C’mon Everybody 2:21 5. Today, Tomorrow And Forever 3:28 6. The Climb (planned record version - take 3) 2:44 7. What’d I Say 3:06 8. Santa Lucia 1:15 9. If You Think I Don’t Need You 2:07 10. I Need Somebody To Lean On 3:05 BONUS SONGS 11. Night Life 1:52 12. Do The Vega 2:25 13. You’re The Boss 2:49 FIRST TAKES 14. Viva Las Vegas (take 1) 1:48 15. Yellow Rose Of Texas/ The Eyes Of Texas (take 7) 2:59 16. The Lady Loves Me (takes 1-2) 4:14 17. C’mon Everybody (take 3) 2:48 18. Today, Tomorrow And Forever (takes 1-3, 5 & 4) 5:46 19. What’d I Say (takes 1-2) 4:00 20. Santa Lucia (v.o. take 1) 1:23 21. If You Think I Don’t Need You (takes 1-2) 3:16 22. I Need Somebody To Lean On (takes 1-2) 3:30 23. Night Life (take 2) 2:08 24. Do The Vega (take 1) 2:48 25. You’re The Boss (takes 1-3) 3:34 26. Today, Tomorrow And Forever (2012 takes 1-2, duet) 5:45

DISCO 2: OUTTAKES 1. Night Life (takes 1 & 3) 4:09 2. Night Life (takes 4-8) 3:11 3. C’mon Everybody (takes 1-2 & 4-5/M) 4:36 4. If You Think I Don’t Need You (takes 3-7) 5:09 5. I Need Somebody To Lean On (takes 3-5) 3:58 6. I Need Somebody To Lean On (takes 6-8) 4:42 7. Do The Vega (take 2) 2:41 8. Santa Lucia (track, takes 1-2) 1:55 9. Viva Las Vegas (take 2) 2:50 10. The Climb (takes 1-2 & 4-7) 6:43 11. Yellow Rose Of Texas/ The Eyes Of Texas (takes 1-4) 3:58 12. Yellow Rose Of Texas/ The Eyes Of Texas (takes 5-6 & 8-9/M) 5:33 13. The Lady Loves Me (takes 3-6) 4:51 14. You’re The Boss (takes 4-8) 4:42 15. You’re The Boss (takes 9-10) 4:32 16. Today, Tomorrow And Forever (2012 take 6, instrumental) 3:34 17. Santa Lucia (vocal overdub, take 2) 1:20 18. Santa Lucia (vocal overdub, take 3) 1:20 19. Today, Tomorrow And Forever (movie version, vocal overdub 2016 take 8) 2:38 20. What’d I Say (takes 3-4/M) 5:47

DISCO 3: MOVIE TRACKS 1. C’mon Everybody (movie version, take 7 with overdubs) 2:30 2. Today, Tomorrow And Forever (movie version, v.o. take 10, edited) 1:25 3. The Climb (movie version - take 9, edited) 1:38 4. Santa Lucia (v.o. take 6/M, movie version) 1:14 5. Appreciation (Ann-Margret, take 3 & pickup take 2) 4:37 6. My Rival (Ann-Margret) 2:11 OUTTAKES 7. Night Life (takes 9-10) 2:56 8. Night Life (take 11) 2:10 9. Night Life (takes 12-13) 2:46 10. If You Think I Don’t Need You (takes 8-10) 4:22 11. If You Think I Don’t Need You (takes 11-13/M) 4:15 12. I Need Somebody To Lean On (takes 9-15) 7:16 13. I Need Somebody To Lean On (takes 16-19) 5:12 14. Do The Vega (takes 3-7/M) 4:25 15. Viva Las Vegas (takes 3-7/M) 5:06 16. The Climb (take 8) 2:53 17. The Climb (take 9) 2:53 18. C’mon Everybody (takes 6-7/M, movie version) 2:34 19. The Lady Loves Me (takes 7-9) 6:37 20. You’re The Boss (takes 11-12) 3:23 21. You’re The Boss (takes 13, 15 & 14) 4:09 22. Santa Lucia (vocal overdub, take 5) 1:26 23. Today, Tomorrow And Forever (movie version, 2016 vocal overdub take 10/M) 2:46


PROGRAMA MANHATTAN CONNECTION DIZ ABSURDOS SOBRE ELVIS

artigo: Marcelo Neves (julho/2018) - Fonte: Rodolfo Schindler

 

 

O programa Manhattan Connection apresentado por Lucas Mendes na Globo News despeja mentira, preconceito e contradição quando o assunto é "Elvis"!  O programa foi ao ar no dia 2 de julho de 2018 na Globo News e contou com a participação de Pedro Andrade (um enviado da Globo em Nova York). Pedro Andrade foi comentar o que achou do documentário "The King" que estreou nos Estados Unidos e aproveitou para colocar suas opiniões pessoais sobre Elvis. Disse o seguinte sobre o filme: "A metáfora se refere a esse paralelo entre a ascensão e a queda do Rei, não o "Roberto Carlos", o Elvis e a ascensão e queda dos Estados Unidos. Se você parar para pensar   Elvis nasceu no Mississipi , era pobre, virou um dos maiores ícones da Cultura POP no mundo e morreu aos 42 anos numa decadência absurda..." Nesse momento Lucas Mendes interfere na analise para dizer que não era uma decadência "artistica", mas "mental", e Pedro Andrade prossegue dizendo: ".....também, assinou contratos muito errados, furados, fazer palhaçadas em Vegas, no Empire State, fez uma série de escolhas erradas e não é exemplo de sucesso mais, é um exemplo de ascensão e queda..." Depois resume o filme com o seguinte comentário: "...o que o (diretor) quer dizer com o filme é que a era Trump é o equivalente ao Elvis Presley gordo, velho, comendo sanduíche de manteiga de amendoim com banana num banheiro público! Depois outros convidados do programa aproveitam para criticar os filmes da carreira de Elvis e Diogo Mainardi completa dizendo que "a música de Elvis" também não seria boa. Gostaríamos também de rebater o que foi dito nesse programa. Primeiramente ao Sr. Pedro Andrade da Globo News gostaríamos que nos esclarecer da onde você vê a relação entre ELVIS E EMPIRE STATE!!!! Elvis NUNCA CANTOU lá ou fez um filme em que o prédio fosse o tema! É bizarra essa relação entre Elvis e este edifício! Depois disse que Elvis morreu numa decadência "absurda"! Como você me explica alguém que esteja numa "decadência absurda" fazer 50 shows em seu último ano de vida com LOTAÇÃO ESGOTADA em todos os shows? Realizar um Especial de TV naquele ano que foi uma das maiores audiências da CBS e que colocou o álbum em 5º. lugar nas paradas de vendas! Quantos artistas naquela época que desfrutavam de um avião particular do porte de um Convair 880? Chamar os shows de Elvis de "palhaçada em Vegas" demonstra uma ignorância musical monumental deste jornalista, seria mais adequado a TV Globo procurar profissionais que pelo menos pesquisassem com seriedade! O período em que Elvis atuou em Vegas (1969 a 1976) é considerado uma época de ouro em Vegas, há até uma estátua de Elvis onde é reverenciado pela sua incrível marca de shows na cidade! O sucesso foi tão grande que resultou no documentário "That's The Way Is Is" que a própria TV GLOBO ENALTECEU DIVERSAS VEZES NA DÉCADA DE 70 como foi mostrado na seção ELVIS BACK IN TIME em nosso site! Gostaria que a TV Globo tirasse essa dúvida, Elvis em Vegas é uma "palhaçada" ou o que vocês disseram naquela época foi uma "GRANDE MENTIRA"??? Se o "recado" do Diretor de "The King" realmente for o que Pedro Andrade  está dizendo que a "Era Trump é equivalente a "Elvis Presley gordo, velho, comendo sanduíche de manteiga de amendoim com banana num banheiro público..." Podemos dizer claramente que esse filme é mesmo uma "METÁFORA" mas uma "PÉSSIMA METÁFORA" que nada tem ver com o Elvis que todos os fãs ao redor do mundo conhecem. Fica aqui uma pergunta para o jornalista Diogo Mainardi, se nenhuma música de Elvis "presta", como explicar o que o seu amigo de programa Pedro Andrade disse ao chamar Elvis de "um dos maiores ícones da Cultura POP no mundo"? Alguém se torna um ícone dessa magnitude sem trazer nada de qualidade? Ou o planeta esta errado e você deve ser a alma iluminada que traz a verdade a tona! A Globo cospe no prato que comeu inúmeras vezes! Temos em nossos registros dezenas e dezenas de anúncios da Globo quando anunciava em jornais os filmes de Elvis na Sessão da Tarde ou em seus Especiais! Mas de todas as aberrações ditas nesse programa nada se compara a frase de Pedro Andrade ao dizer que "Elvis não é exemplo de sucesso..."! O que dizer de um cantor que não está aqui há 41 anos e tem sua residência a 2ª. casa mais visitada dos Estados Unidos? O que dizer de um cantor que ainda ganha discos de ouro e de platina em diversos países ou que lotam estádios para ver Elvis num telão? Um dos maiores recordistas de venda de discos de todos os tempos e o ator que mais ganhou dinheiro na década de 60? Se isso não for um exemplo de "sucesso" podemos deletar o Planeta Terra e pedir para o jornalista Pedro Andrade reinventar o universo sobre a sua ótica! Fica aqui nosso repúdio ao que foi dito nesse programa Manhattan Connection do dia 2 de julho de 2018! Segue o vídeodo programa, avance para o minuto 32: https://www.youtube.com/watch?v=cNf3Hy1kcBY


 

15.12.2018 - DIA 16 DE DEZEMBRO TEM DALIZIO EM SOROCABA

13.12.2018 - BILLY ANDREWS FALECE AOS 47 ANOS

03.12.2018 - 50 ANOS DO '68 COMEBACK SPECIAL

01.12.2018 - FALECIMENTO DE MICHELE CAREY

28.11.2018 - VEJA O VÍDEO ELVIS E A MÚSICA NEGRA

27.11.2018 - NEGRA LI SOLTA NOTA DE ESCLARECIMENTO

26.11.2018 - ELVIS TRIUNFAL GRAVA RESPOSTA A NEGRA LI

26.11.2018 - NEGRA LI CRITICA ELVIS NO MORNING SHOW

24.11.2018 - ELVINHO AO VIVO DIA 2 DE DEZEMBRO EM SANTO ANDRÉ

24.11.2018 - WILLIAM MARKS DIA 8 DE DEZEMBRO EM MG

20.11.2018 - WASHINGTON POST CRITICA INDICAÇÃO DE ELVIS

19.11.2018 - A REAÇÃO DA FAMÍLIA PRESLEY COM A MEDALHA A ELVIS

16.11.2018 - ELVIS RECEBE A MEDALHA PRESIDENCIAL DA LIBERDADE

13.11.2018 - ASSISTA NOSSA PARTICIPAÇÃO NO HISTORY

10.11.2018 - ELVIS RECEBERÁ MEDALHA DA CASA BRANCA

10.11.2018 - DEVANIR EM BH DIA 10/11

02.11.2018 - ASSISTA NOSSA PARTICIPAÇÃO NO HISTORY

04.11.2018 - ASSISTA NOSSO PROGRAMA Nº.74

02.11.2018 - ELVIS SUBIU PARA 2º. NO RANKING DA FORBES

23.10.2018 - CAIXA SOBRE ESPECIAL DE 68 SERÁ LANÇADA

22.10.2018 - ELVIS TRIUNFAL NO HISTORY CHANNEL

22.10.2018 - ELIO COLE JR DIA 10 DE NOVEMBRO

10.10.2018 - MORRE CELESTE YARNALL

03.10.2018 - MAURÌCIO E LUCIANO DIA 5 DE OUTUBRO

03.10.2018 - ELVIS NO CINEMA EM MG NO DIA 25/10

03.10.2018 - DALIZIO DIA 6 DE OUTUBRO

01.10.2018 - ESTÁTUA EM BAD NAUHEIM

28.09.2018 - ASSISTA O PROGRAMA 73 DA TV ELVIS TRIUNFAL

02.09.2018 - LEIA A COBERTURA DO 21º. ENCONTRO DO TRIUNFAL

26.08.2018 - ELVINHO DIA 27 DE OUTUBRO

16.08.2018 - ELVIS 41 ANOS DEPOIS...

15.08.2018 - ASSISTA A VIGILIA AO VIVO NO NOSSO SITE

13.08.2018 - ASSISTA O CLIPE DE LISA & ELVIS

13.08.2018 - RICKY COLAVITTO LANÇA NOVO VÍDEO SOBRE ELVIS

13.08.2018 - DIOGO LIGHT FICA EM SEGUNDO NO UETAC

05.08.2018 - SAIBA ONDE SERÁ EXIBIDO O COMEBACK NO BRASIL

05.08.2018 - ELVIS VOLTARÁ AOS CINEMAS EM AGOSTO DE 2018

26.07.2018 - ASSISTA NOSSA ENTREVISTA PARA O SITE IDENTIDADE 85

22.07.2018 - POLIANA (CLUBE ELVIS) ENTREVISTA CARLOS ARES

17.07.2018 - MAIS CRÍTICAS A ELVIS NO BRASIL

12.07.2018 - STEVE BINDER LANÇARA LIVRO

09.07.2018 - NOVO REVIEW SOBRE O "THE SEARCHER"

07.07.2018 - NOVO FTD: ELVIS: THE VIVA LAS VEGAS SESSIONS

02.07.2018 - GLOBO NEWS DETONA ELVIS EM SUA PROGRAMAÇÃO

28.06.2018 - PLACA EM INDIANAPOLIS VOLTA A SER EXIBIDA

26.06.2018 - IMAGENS RARAS DE FÃS EM INDIANAPOLIS

23.06.2018 - CONHEÇA A PROGRAMAÇÃO DA ELVIS WEEK 2018

23.06.2018 - NOVO ÁLBUM DE ELVIS EM 2018

17.06.2018 - EM BREVE UM PROGRAMA SOBRE "ELVIS É ASSIM"

13.06.2018 - D.J. FONTANA FALECE AOS 87 ANOS

13.06.2018 - PROGRAMAÇÃO DA 21ª. REUNIÃO DO TRIUNFAL

06.06.2018 - ASSISTA TEASER SOBRE ELVIS DO FRED CARTOONS

06.06.2018 - PROGRAMA "ELVIS ROCKIN TIME" NA RÁDIO PLENA

03.06.2018 - ASSISTA O PROGRAMA 72 DA TV ELVIS TRIUNFAL

03.06.2018 - ELVINHO DIA 18 DE AGOSTO EM SANTO ANDRÉ

29.05.2018 - FILME "THE KING" SERÁ LANÇADO EM JUNHO

21.05.2018 - ELVIS KINGDOM TERÁ EXCURSÃO EM 2019

21.05.2018 - FÁBIO LUIS DIA 13 DE JUNHO EM SANTOS

20.05.2018 - SAIBA COMO FOI A EXIBIÇÃO DE "ELVIS ON TOUR"

20.05.2018 - ELVIS RIBEIRÃO ROCK ON DIA 14 DE JULHO

20.05.2018 - TCLE TERÁ DOIS EVENTOS EM AGOSTO

19.05.2018 - 3º. EPISÓDIO DA SEÇÃO BACK IN TIME

06.05.2018 - SEÇÃO FTD FOI ATUALIZADA. EM BREVE NOVAS RESENHAS

26.04.2018 - POLIANA CUNHA ENTREVISTA CARLOS ARES

23.04.2018 - ASSISTA O PROGRAMA 71 DA TV ELVIS TRIUNFAL

23.04.2018 - ELVINHO DIA 13 DE MAIO

15.04.2018 - PRISCILLA NÃO DISSE QUE ELVIS COMETEU SUICÍDIO

11.04.2018 - CONHEÇA O SITE SOBRE FTD DE EDUARDO GROSSO

11.04.2018 - DALIZIO MOURA DIA 15/04

11.04.2018 - ELVIS PRESLEY ACÚSTIVO COM CLÁUDIO FERREIRA DIA 28/04

11.04.2018 - ELVIS FEST MARINGÁ SERÁ NO DIA 28/04 NO PARANÁ

08.04.2018 - VINHETA DE ELVIS ON TOUR NO CINEPLAY

08.04.2018 - EM BREVE: EDUARDO GROSSO E SUA COLEÇÃO FTD

06.04.2018 - EVENTO BENEFICENTE EM LIMEIRA 20 DE ABRIL

06.04.2018 - HELDER MOREIRA DIA 14 DE ABRIL

01.04.2018 - 2º. EPISÓDIO DE ELVIS BACK IN TIME

22.03.2018 - DALIZIO MOURA DIA 24 DE MARÇO

22.03.2018 - ELVINHO DIA 6 DE ABRIL

18.03.2018 - ESTREIA DA SÉRIE "ELVIS BACK IN TIME" NO SITE

09.03.2018 - LEANDRO ELVIS COVER DIA 17 DE MARÇO

09.03.2018 - MORRE DONNA BUTTERWORTH AOS 62 ANOS

09.03.2018 - ÁLBUM SOBRE O ESPECIAL DE 68 SERÁ LANÇADO

09.03.2018 - ASSINE NOSSO ABAIXO ASSINADO PARA A SONY

09.03.2018 - PRÉ VENDA DO BOX DE "ELVIS PRESLEY THE SEARCHER"

06.03.2018 - DALIZIO MOURA DIA 09 DE MARÇO

06.03.2018 - MARK RIO DIA 25 DE MARÇO

06.03.2018 - NOSSO TRIBUTO A ZENAIDE DO VIVA ELVIS BRASIL

04.03.2018 - "ELVIS ON TOUR" NO CINEMA EM MAIO

01.03.2018 - ASSISTA O PROGRAMA 70 - ELVIS THE EXHIBITION

20.02.2018 - ELVINHO DIA 23 DE MARÇO EM SÃO CAETANO DO SUL

15.02.2018 - ENCONTRO DO ELVIS TRIUNFAL SERÁ EM 25/08/18

12.02.2018 - DOCUMENTÁRIO SOBRE ELVIS SERÁ LANÇADO DIA 14/04

01.02.2018 - GRACELAND CONFIRMA SHOWS NO CHILE E ARGENTINA

01.02.2018 - SITES ARGENTINOS ANUNCIAM "ELVIS LIVE IN CONCERT"

01.02.2018 - LISA 50 ANOS

30.01.2018 - MANCHETE DE 1969 ANUNCIA VOLTA DE ELVIS EM VEGAS

30.01.2018 - CONTROLE EXCESSIVO DOS DIREITOS AUTORAIS

29.01.2018 - PRÓXIMO PROGRAMA SERÁ SOBRE EXPOSIÇÃO ELVIS ON TOUR

26.01.2018 - ARTIGO DE 1973 ENALTECE ELVIS

21.01.2018 - GRACELAND ELEITA MELHOR ATRAÇÃO DO TENNESSEE

14.01.2018 - VEJA COMO FOI A EXIBIÇÃO DO ALOHA NO CINEPLAY

10.01.2018 - LEIA ARTIGO DE 1974 SOBRE ELVIS ON TOUR

10.01.2018 - "ELVIS SHOW" DIA 27 DE JANEIRO EM RIBEIRÃO PRETO

10.01.2018 - CELEBRAÇÃO DE ANIVERSÁRIO EM GRACELAND

10.01.2018 - ELVINHO DIA 18 DE FEVEREIRO

09.01.2018 - "ELVIS É ASSiM" EM TÓQUIO

08.01.2018 - ELVIS 83 ANOS DEPOIS!

08.01.2018 - ARTIGO DA TV GLOBO SOBRE "ELVIS ERA ASSIM"

07.01.2018 - MATERIAL PROMOCIONAL DE "ELVIS É ASSIM"

07.01.2018 - CONHEÇA O GRUPO PELVIS QUE AGITOU OS ANOS 70

05.01.2018 - GANG'ELVIS TERÁ EVENTO NO DIA 06/01/18

01.01.2018 - VEJA O QUE ACONTECEU EM 2017

23.12.2017 - PHIL GELORMINE NA TV ELVIS TRIUNFAL

23.12.2017 - FELIZ NATAL E ANO NOVO A TODOS

16.12.2017 - ALOHA FROM HAWAII NÃO FOI AO VIVO NO BRASIL

16.12.2017 - NILSON REGO DOA ACERVO JORNALÍSTICO

16.12.2017 - COMO ESTÁ CRICKET COULTER

16.12.2017 - ELVIS TINHA CÂNCER? TUDO INDICA QUE NÃO!

12.12.2017 - SUZANNA LEIGH FALECE AOS 72 ANOS

07.12.2017 - MOSTRA DE CINEMA NO RIO DE 13 a 17 DE DEZEMBRO

07.12.2017 - MARCOS ANTONELLI DIA 16 DEZ

07.12.2017 - CLAUDIO FERREIRA DE 7 A 10 DEZ NA BAHIA

02.12.2017 - HOJE TEM TRIBUTO A ELVIS COM CLÁUDIO FERREIRA



 REDESCOBRINDO O ELVIS IN CONCERT 77 - PROGRAMA 72
artigo: Marcelo Neves

O Especial "ELVIS IN CONCERT" de 1977 exibido pela CBS foi o último Especial na carreira de Elvis Presley. Como Elvis passava por sérios problemas de saúde, era visível em alguns momentos o delicado momento de sua vida. Menos de 2 meses após gravar as imagens, Elvis falecia aos 42 anos de idade. Até hoje o Especial nunca foi lançado "oficialmente" em DVD, só sendo encontrado no mercado "paralelo" com qualidade inferior às imagens originais. Seu lançamento divide opiniões até entre os fãs de Elvis, tornando o tema um dos mais complexos no cenário "Elvis". Neste programa fãs mostram, apesar do dramático momento de Elvis, momentos magistrais com interpretações definitivas de "My Way"; "You Gave Me a Mountain" e "Hurt". Participações especiais do E.T.A (Elvis Tribute Artist) ELVINHO, do cantor e compositor MÁRCIO MARTINS e um depoimento de PHIL GELORMINE (Ex-Repórter da Billboard). Assista, talvez você venha a "Redescobrir" esse importante Especial na carreira de Elvis. CLIQUE AQUI


 D.J FONTANA FALECE AOS 87 ANOS
artigo: Marcelo Neves / Fonte: Heitor Crespo / 13.junho de 2018



Uma das maiores lendas da bateria e que fez parte da primeira banda profissional de Elvis, faleceu no dia 13 de junho de 2018 por volta das 23h33 (horário de Brasília). A triste notícia foi nos comunicada pelo guitarrista Heitor Crespo que mantinha forte amizade com D.J. Segundo Heitor, Fontana há tempos vinha tendo vários problemas de saúde e seu último encontro com ele foi há apenas 4 meses. Nesta ocasião Fontana mostrou vários prêmios de sua carreira como discos de ouro e do "Rock and Roll of Fame". Falava muito do Brasil e de sua vontade de retornar a nosso país, sua vontade era tão grande que dizia estar "pronto pra voar"! Para Heitor, ter a oportunidade de estar ao lado de D.J Fontana foi um dos maiores marcos de sua carreira como músico. A família de D.J já anunciou sua passagem, uma notícia que não abala somente o "cenário Elvis", mas o Rock como um todo. D.J Fontana recentemente foi escolhido pela revista Rolling Stone como um dos 100 mais importantes bateristas de todos os tempos. Nos 14 anos de trabalho ao lado do Elvis (entre gravações de estúdio / filmes / TV e shows) D.J fontana esteve em vários momentos históricos como por exemplo: as gravações de "jailhouse Rock" e "Don't Be Cruel; as aparições de Elvis no Ed Sullivan ou sua lendária participação no Comeback Special em 1968! Fica aqui nossos pêsames a família e amigos dessa verdadeira lenda que acaba de nos deixar. Quero deixar um forte abraço ao nosso amigo Heitor que não perdeu apenas um ídolo, mas um amigo também.


NOVO ÁLBUM DE ELVIS "WHERE NO ONE STANDS ALONE"

artigo: Marcelo Neves (junho/2018)

Apesar de Elvis ter sido considerado o Rei do Rock, a música Gospel era o estilo que Elvis gostava de cantar ao lado de amigos e familiares! Ao longo da carreira lançou 3 álbuns realmente fantásticos destinado ao gospel: His Hand in Mine (1960); How Great Thou Art (1967) e "He Touched Me" (1972). Em 1971 a gravadora também lançou uma coletânea chamada "You Never Walk Alone" onde trazia algumas inéditas como bônus! A dedicação de Elvis quando entrava em estúdio para gravar gospel era visível! Ganhou o Grammy pelo álbum "How Great Thou Art"; conseguiu a segunda premiação pelo álbum  "He Touched Me" e venceu pela terceira vez por sua interpretação ao vivo de "How Great Thou Art" em 1974. Após sua morte ocorreram diversas coletâneas "gospel" e em 2018 será lançada mais uma chamada "Where no One Stands Alone". O que diferencia esse dos demais será o dueto de Lisa Marie Presley com Elvis em "Where no One Stands Alone". Lisa fez o seguinte comentário: "Foi uma experiência muito poderosa e emocionante cantar com meu pai...as letras falam comigo e tocam minha alma. Estou certo de que as letras falaram com meu pai da mesma maneira." . O álbum contará com a participação dos vocais de Darlene Love (que participou do Especial da NBC), Cissy Houston (que era uma das vocalistas de Elvis em 1969), The Imperials e The Stamps. O que vejo como muito positivo foi o envolvimento de Lisa na produção do álbum ao lado de  Joel Weinshanker e Andy Childs. O álbum será lançado oficialmente no dia 10 de agosto de 2018, mas a festa de lançamento será no dia 11 de agosto em Graceland com a participação de Lisa! A RCA / Legacy Recordings estará disponibilizando versões exclusivas e limitadas em vinil e em cassete deste álbum, além do CD é claro! Até o momento não sabemos se o álbum será lançado no Brasil. Segue a relação das faixas do CD

01. I’ve Got Confidence
02. Where No One Stands Alone (Dueto com Lisa Marie Presley)
03. Saved
04. Crying In The Chapel
05. So High
06. Stand By Me
07. Bosom Of Abraham
08. How Great Thou Art
09. I, John
10. You’ll Never Walk Alone
11. He Touched Me
12. In The Garden
13. He Is My Everything
14. Amazing Grace


 

 

 

 


ELVIS PRESLEY'S KINGDOM TERÁ EXCURSÃO EM 2019
artigo: Marcelo Neves

Em 2019 o ELVIS PRESLEY'S KINGDOM de Curitiba estará organizando mais uma excursão para a a ELVIS WEEK. Renate Presley (Presidente do Kingdom) estará levando os fãs para conhecer MEMPHIS; TUPELO e NASHVILLE. Maiores informações no e-mail: elviskingdombrazil1979@yahoo.com.br